jusbrasil.com.br
18 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Goiás TJ-GO - APELACAO CIVEL: AC 0311650-33.2009.8.09.0000 JUSSARA

Tribunal de Justiça de Goiás
há 11 anos
Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
2A CAMARA CIVEL
Partes
APELANTE: CARLOS HUMBERTO DE SENE E OUTRO, APELADO: AILTON DE PAULA SOUZA E OUTRO
Publicação
DJ 752 de 03/02/2011
Julgamento
18 de Janeiro de 2011
Relator
DES. ZACARIAS NEVES COELHO
Documentos anexos
Inteiro TeorTJ-GO_AC_03116503320098090000_bcced.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

AGRAVO REGIMENTAL NA APE­LAÇÃO CÍVEL. DECISÃO QUE NEGA SEGUI­MENTO A RECURSO MANIFESTAMENTE PREJUDICADO. MEDIDA CAUTELAR DE ARRESTO. PERDA SUPERVENIENTE DO INTERESSE DE AGIR DOS AUTORES.

Muito embora estivessem presentes, quando ajuizada esta ação cautelar de arresto, os pressupostos processuais e as condições da ação, inclusive o interesse de agir, houve a perda superve­niente do interesse processual após o provi­mento do recurso de apelação interposto na ação principal (monitória), e isso torna impera­tiva a extinção deste feito cautelar, fato esse que, por certo, obstaculariza o conhecimento do apelo manejado nestes autos, porquanto prejudicado.

Acórdão

Acordam os integrantes da Segunda Turma Julgadora da 2ª Câmara Cível do egrégio Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, POR UNANIMI­DADE DE VOTOS, EM CONHECER DO AGRAVO REGIMENTAL E NEGAR-LHE PROVIMENTO, nos termos do voto do RELATOR.
Disponível em: https://tj-go.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/937050440/apelacao-civel-ac-3116503320098090000-jussara