jusbrasil.com.br
19 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Goiás TJ-GO - APELACAO: APL XXXXX-24.2015.8.09.0029

Tribunal de Justiça de Goiás
há 3 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

2ª Câmara Cível

Partes

Publicação

Julgamento

Relator

NEY TELES DE PAULA

Documentos anexos

Inteiro TeorTJ-GO_APL_03935382420158090029_3a92c.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO DE RESCISÃO CONTRATUAL C/C RESTITUIÇÃO DE IMPORTÂNCIAS PAGAS. RESCISÃO CONTRATUAL POR CULPA DOS PROMITENTES VENDEDORES. INEXISTÊNCIA DO DIREITO DE RETENÇÃO. MULTA PENAL COMPENSATÓRIA.

1 - Demonstrado nos autos que a apelante/vendedora foi responsável pela rescisão contratual, diante da demora excessiva para entrega das obras de infraestrutura do loteamento, procede o pedido autoral de rescisão de compromisso de compra e venda.
2 - Ante a culpa exclusiva da requerida pela rescisão do contrato, não há se falar em direito de retenção, consoante Súmula nº 543 do colendo Superior Tribunal de Justiça.
3 - Consoante o pacto entabulado, a parte que der causa à rescisão deverá arcar com multa contratual de 10% (dez por cento) incidente sobre o valor da venda do imóvel, de modo que descabe alterar as cláusulas contratuais, em homenagem ao princípio pacta sunt servanda. APELAÇÃO CONHECIDA E DESPROVIDA.

Decisão

DECISÃO NOS AUTOS.
Disponível em: https://tj-go.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/712948609/apelacao-apl-3935382420158090029

Informações relacionadas

O Princípio do No Bis in Idem no Direito Penal Brasileiro

Jurisprudênciahá 7 anos

Tribunal de Justiça do Piauí TJ-PI - Habeas Corpus: HC XXXXX-95.2015.8.18.0000 PI XXXXX00010016175

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul
Jurisprudênciahá 6 anos

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Apelação Cível: AC XXXXX RS

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF: XXXXX-04.2020.8.07.0001 DF XXXXX-04.2020.8.07.0001

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Jurisprudênciahá 5 meses

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível: AC XXXXX-02.2020.8.13.0024 MG